AMADOS E AMADAS
PARA FALAR DAS COUSAS DO ALTO,
CADASTREM-SE

EZEQUIEL NEVES
ADMN

NÃO DEVEMOS TRADUZIR O NOME DE DEUS?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

NÃO DEVEMOS TRADUZIR O NOME DE DEUS?

Mensagem  Sacerdote Melquisedeque em 2008-07-03, 18:59

Algumas pessoas e grupos religiosos dão equivocada importância de preservar um determinado nome sagrado – a maneira que eles consideram correta de soletrar ou pronunciar o nome de Deus. Para eles, o uso de traduções nas línguas modernas – palavras como “Deus” ou “Senhor” – representa uma corrupção do “verdadeiro nome” do Criador. Justificam suas teses com citações como Levítico 22:32, onde Deus diz: “Não profanareis o meu santo nome, mas serei santificado no meio dos filhos de Israel. Eu sou o SENHOR, que vos santifico.”

Nas versões usadas por estes grupos, aparecem palavras como Jeová, Javé, Yahweh ou outras no lugar de SENHOR (YHWH), frisando o ponto de uma certa ortografia e pronúncia derivadas do “original” hebraico.
Mas não podemos deixar de observar fatos importantes:
No Novo Testamento não há mandamento ou doutrina de uma forma exclusiva em hebraico para o nome de Deus.
Nos 27 livros do Novo Testamento, não existe nenhuma passagem que faça menção a uma certa pronúncia ou soletração do nome de Deus. Os autores do Novo Testamento citavam, várias vezes, traduções gregas do Antigo Testamento que usam kurios (equivale a Senhor em português) para representar o nome mais comum de Deus (YHWH).
Em Romanos 4:8; 9:29; 10:13; 11:3,34; 15:11; 1 Coríntios 1:31; 2:16; 3:20; 10:26; 14:21; 2 Coríntios 10:17; 2 Timóteo 2:19; Hebreus 7:21; 8:8-11; 10:16,30; 12:6; 13:6; 1 Pedro 3:12. Paulo, Pedro e outros usaram traduções do nome de Deus. Aqueles que condenam tal prática condenam os próprios apóstolos do Senhor!

Para estes, é mais fácil pregar estas teses do que ensinar a importância da santidade total dos servos do Senhor. A ênfase nas Escrituras não está na maneira de soletrar, pronunciar ou traduzir uma palavra que representa Deus; está na maneira de viver como Cristãos que refletem a verdadeira glória da Santidade Divina. (2 Coríntios 3:18; Colossenses 3:10; 1 Pedro 1:15-16; 2 Pedro 1:4).

Sacerdote Melquisedeque
Admin

Número de Mensagens : 103
Idade : 56
Localização : Brasília
Emprego/lazer : Professor
Data de inscrição : 02/10/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NÃO DEVEMOS TRADUZIR O NOME DE DEUS?

Mensagem  "EKKLÉSIA: Coluna e Balua em 2009-06-27, 22:11

Saudações...
Dileto irmão, minhas apologias... Em verdade, o "Tetragramaton" encerra mistérios, cujo alcance muito provavelmente transcenda à nossa mísera comprensão...

Outrossim, mesmo os judeus contemporâneos não ousariam fazê-lo, visto que após a Diáspora a pronúncia original perdeu-se e, o que atualmente nos resta em termos de transliteração corresponde tão-somente à aproximações...



Atenciosamente,
"Em Caridade"
Irmão Ednelson.

"EKKLÉSIA: Coluna e Balua

Número de Mensagens : 172
Idade : 39
Localização : Itapetininga
Emprego/lazer : Psicólogo/Literatura
Data de inscrição : 05/06/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NÃO DEVEMOS TRADUZIR O NOME DE DEUS?

Mensagem  Egídio em 2009-07-08, 00:04



A paz de Deus a todos.

Acredito que se fosse para nós falarmos o nome de Deus Ele teria exigido para algum profeta, ou os apóstolos ou ao próprio Jesus que falassem seu nome, mas isso Ele não fez.

E temos prova real de que Jesus não pronunciou o nome de Deus porque somente os sacerdotes podiam pronunciar o nome de Deus e se Jesus tivesse pronunciado o nome de Deus os demais Judeus com certeza teria indo contra Jesus e esse momento não iria passar despercebido pelos apóstolos, com certeza eles teriam escrito esse notório acontecimento.

Creio que da forma que os Judeus já vinham fazendo Deus estava de pleno acordo porque se Deus não quisesse que lhe chamasse de Senhor ou pelo seu titulo Ele teria comentado quando Ele esteve em Cristo aqui na terra (2º Co 5:19 ), deveria haver um só versículo que nos apontasse que era obrigatório não chamar Deus se Senhor ou pelo seu título.



No tetragrama só há quatro consoantes (YHWH) usadas pelos hebreus antigos para expressar o nome sagrado e impronunciável da deidade (torna-se impossível pronunciar uma palavra que só tenha consoantes:
YHWH, YHVH, JHWH, JHVH, JHVH.

Essas palavras passaram a poder ser pronunciadas ao serem adicionadas as vogais: YaHWeH , YaHWe, JaVHe, JaHVe, JaHVaH, JaHVeH.



Se as quatro consoantes que está no tetragrama (YHWH) for acrescentado alguma letra com certeza será criado uma palavra que não existe no alfabeto grego e sim noutra linguagem e desta maneira o nome de Deus está sendo pronunciado errado.

É o mesmo que me chamar de Emídio que significa “aquele que é meio deus e meio homem, sendo que meu nome é Egídio e significa “escudo ou protetor”, são dois nomes parecidos, mas os significados são totalmente diferentes ao mudar apenas uma letra (m por g).



No entanto é melhor não se preocupar em traduzir o nome o de Deus e sim usar só o título porque esse título (Deus), só pertence a Ele os demais deuses são falsos e eles não existiam antes do homem inventá-los e depois do Juízo final não haverá mais deuses e Deus será novamente o único a ter esse título que por sinal só Ele é digno de possuir este título.

Então, se há um só Deus verdadeiro e nós só o invocamos não vejo nenhum problema em só chamá-lo pelo seu título e todos que invocá-lo pelo título o seu pensamento e coração está direcionado ao Deus dos céus com certeza Ele nos ajudará, afinal Ele tem atendido nossas orações e recebido nosso louvor e não o chamamos pelo seu nome.

Jesus chamava-o de meu Pai e nós somos filhos de Deus e se o chamarmos também de meu Pai acredito que é melhor do que O chamamos apenas de Jeová, pois eu acho desrespeitoso chamar o Pai pelo nome porque nossos pais carnais nós os chamamos pelo título e não pelo nome, então porque devemos chamar nosso Pai espiritual pelo nome?

A forma correta de respeitar nossos Pais é chamando-os de senhor, senhora, mãe, pai ou Deus, usando só o título e não o nome.



A maioria das pessoas que insistem que devemos chamar Deus pelo nome costumam desrespeitá-lo quando O chamam de Jeová ou Javé porque os verdadeiros respeitadores e honradores usam a palavra senhor ou senhora antes de falar o nome da pessoa, no entanto se eles querem mesmo honrar a Deus com o nome e ensinar os demais respeitar Deus, primeiro eles tem que começar a chamar Deus de “Senhor” Jeová ou “Senhor” Javé porque estão chamando pelo nome e não pelo título.



Então irmão, se fosse para o nome de Deus ser pronunciado por nós não haveria tanto mistério e se fosse mesmo para nós pronunciarmos o nome de Deus Jesus teria revelado e de maneira nenhuma nós somos corruptos por não falar o “verdadeiro nome” do Criador, pois nem Ele mesmo ordenou que o chamasse pelo nome e nem que orássemos em seu nome se fosse para nós orássemos em seu nome Jesus teria deixado mandamento, mas Ele nos deixou mandamento para orarmos a Deus e em seu nome, no entanto não temos mandamento para orarmos em nome de Deus e sim em nome de Jesus e onde não há mandamento não há trasngressão (Rm 4:15).



A paz de Deus seja com todos.



Egídio

Número de Mensagens : 11
Idade : 43
Localização : Vila das Belezas -SP
Data de inscrição : 04/03/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: NÃO DEVEMOS TRADUZIR O NOME DE DEUS?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum