AMADOS E AMADAS
PARA FALAR DAS COUSAS DO ALTO,
CADASTREM-SE

EZEQUIEL NEVES
ADMN

O Amor e o Sexo na família cristã

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  Pastor Maranata em 2007-12-04, 12:36

Atualmente é comum se falar da família como se fosse uma invenção cristã, mas os predecessores da Igreja de hoje tendiam a atribuí-la ao demônio. "Case-se se for necessário", diziam aos leigos os padres da Igreja, acrescentando que os filhos eram um "prazer dos mais amargos", sendo as esposas, por definição, fracas e frágeis, lentas de entendimento, emocionalmente instáveis, fúteis, hipócritas e totalmente indignas de confiança.

O sexo conjugal era uma constrangedora aventura, embora João Crisóstomo e Metódio concedessem que, se o marido e a esposa racionassem seus carinhos, a felicidade matrimonial não seria necessariamente um obstáculo insuperável para a salvação. A dificuldade fundamental, então, era ligar a sexualidade ao casamento. Necessário à procriação, o sexo conjugal é um bem; ele está, porém, sempre maculado, segundo estes padres, se houver busca do prazer motivado entre os conjuges, que é um mal.

Em 1444, o franciscano Nicolo de Osino acrescenta que "o ato dos cônjuges só está isento de pecado se entre eles não houver o prazer da volúpia". O que, fisiologicamente, é quase irrealizável, equivalendo a culpabilizar todos os casais. E para São Jerônimo, o homem apaixonado em excesso por sua mulher comete um verdadeiro adultério.

A ambivalência entre casamento e sexualidade observa-se no mais antigo e durável dos ritos de casamento cristão na Gália. Desde o séc. XI o casal é abençoado na porta ou dentro do quarto nupcial, após um rito de purificação pela aspersão de sal. A sexualidade no casamento é abençoada, mas exige purificação. Da mesma forma, o homem que se relacionasse sexualmente com sua esposa deveria abster-se por algum tempo de entrar na igreja, em respeito pelo lugar santo.

E essa crença foi tão forte no Arquétipo religioso que atualmente, acontece de muitos casais evangélicos, ainda se dominarem por esse sentimento de culpa ancestral, provocando aí um distânciamento, um conflito familiar, falta de carinho em prol de uma ambicionada "santificação" carnal.

Ora, Cristo nunca condenou o Amor pleno entre os casais, Cristo condenou o pecado na forma do Adultério e a fornicação. Paulo disse que é melhor casar-vos do abrasar-vos. Devemos amar nossa esposa, devemo amar nosso esposo, buscando o o Amor am toda a sua profundidade.

Quem tiver sentimento de culpa, que é um sentimento demoníaco, que abra o Livro de Cantares de Salomão ou o cântico dos cânticos. Ali vemos o Amor da esposa pelo esposo, do esposo pela esposa. Ali teremos a inspiração para estamos com a nossa casa coberta pelo dom do puro Amor, concedido por Deus aos homens.

Pastor Maranata

Número de Mensagens : 21
Idade : 38
Localização : Niterói-RJ
Data de inscrição : 02/10/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  Priscila_29 em 2007-12-20, 12:13

Boa tarde

Gostaria apenas de parabenizá-lo pelo artigo inteligente e que com certeza será muito esclarecedor para muitos (as).

Nossa sociedade, atualmente tão desprendida de valores éticos e morais, onde falar de amor ainda para muitos é sinônimo de 'fraqueza' e de 'ingenuidade', necessita de textos como estes, onde se valorize o amor entre um casal.

o amor entre um homem e uma mulher é uma das coisas mais belas deste mundo e de forma alguma pode ser interpretado como pecado.

Obrigada pelo texto e que Deus o abençoe!

Priscila
avatar
Priscila_29

Número de Mensagens : 1
Idade : 38
Localização : São Paulo
Emprego/lazer : Área Comercial
Data de inscrição : 20/12/2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  Lima em 2009-05-16, 17:06

Também quero felicitá-lo pelo tema, Pastor Maranata.

Com sua permissão, apenas ressalvaria a forma como os casais se "amam".
A bíblia diz:
-"Não vos negueis um ao outro, senão de comum acordo por algum tempo, a
fim de vos aplicardes à oração e depois vos ajuntardes outra vez, para
que Satanás não vos tente pela vossa incontinência." (I Cor 7,5)

-"Cada um de vós saiba possuir o seu vaso em santidade e honra, não na paixão da concupiscência, como os gentios que não conhecem a Deus;" (I Tess 4,4).

Se por um lado, permite o relacionamento, por outro impõe regras! E acrescenta:

-"Honrado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; pois aos devassos e adúlteros, Deus os julgará." (Heb 13,4)

Então cocluo que, o relacionamento íntimo entre o casal, deve existir (e com muito amor), embora com o devido respeito a Palavra de Deus. Assim agirá o verdadeiro cristão!

Deus abençoe
avatar
Lima

Número de Mensagens : 108
Idade : 44
Localização : Bahia
Emprego/lazer : Técnico em Eletrônica
Data de inscrição : 25/04/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  silva em 2009-08-04, 22:48

concordo com vc Marcos , mas em muitos casos alguns deixam o amor de casal ou a pratica do sexo entre o mesmos com uma grande murralha,o que em muitos casos uma das partes acabam se corrompendo e cometendo delito ou erros e ate mesmo cometendo pecado , e deixando sua Alma e situação dificilima, acho que os casais de santos que o Senhor já o escolheu, cabe procura-lo separar uma coisa da outra de dentro do respeito e temor satisfazerem; mesmo porque este e um assunto que varia de pessoa a pessoa.

silva

Número de Mensagens : 26
Idade : 43
Localização : Bahia
Data de inscrição : 07/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  AGRA em 2009-08-22, 10:12

queridos irmãos, também sinto-me em manifesta-me a respeito, acrecentando as vossas palavras que: na biblia em corinthios cap.7 , a palvra é bem clara em dizer que o casamento é um compromisso carnal, em que o homem deve dar a mulher o devido tratamento que uma mulher espera receber do seu homem, DEUS colocou essa atração dentro de ambos, depois de casados tudo o que se for fazer, seja feito de comum acordo, é o que recomenda a palavra, porque é bom que o casal manifeste um no outro todo o desejo carnal, fechando assim a porta para o adversário da tua alma, como esta escrito: o marido pague a mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido.
a mulher não tem poder sobre seu próprio corpo, mas tem-no o marido; e também, da mesma maneira, o marido não tem poder sobre o seu próprio corpo, mas tem-no a mulher.
meditai sobre estes versos, porque assim se mortifica todo o mal e pecado no casamento constituido por DEUS, ( o seu filho viu um doce na mão de outra criança, e para ele não tomar o que não é dele você da um pra ele também, assim faz DEUS, diminuindo então a força do nosso adversário).

Paz e graça se multiplique em vossos corações.
avatar
AGRA

Número de Mensagens : 36
Idade : 40
Localização : São Bernardo do Campo
Emprego/lazer : Analista Laboratórial
Data de inscrição : 21/08/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  silva em 2009-08-23, 22:41

Olhe que este assunto tenham varias colocações , mesmo porque os que opinam são na maioria elvangelicos , e no certo ponto existem muitos que não falam deste, que e tão importante:
uma vez ouvir um comentario que um casal de evanvelicos faziam sexo em baixo do: COBERTOR. segundo os falavam era :
Para um não ver a nudez do outro, um abisurdo este fato que foi veridico.
Imagino tão ignorancia dos mesmos , então temos mesmo e que debatermos este assunto, que desrespeita a todos nós.

silva

Número de Mensagens : 26
Idade : 43
Localização : Bahia
Data de inscrição : 07/05/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  Welbe em 2009-11-09, 07:37

Sexualidade é dom de Deus, afirma teóloga

Qualquer experiência que se distancie da norma do casamento
heterossexual “é tratada como desviada, anormal ou doentia”, disse a
pastora Adelaide Jiménez, diretora do Programa de Teologia da
Universidade Reformada da Colômbia.
Na perspectiva cristã, o imaginário social em torno da sexualidade
parte da negação e do encobrimento do corpo de do prazer, acrescentou a
teóloga, ao apresentar palestra no Encontro Nacional de Mulheres do
Conselho Latino-Americano de Igrejas (Clai), reunido em Barranquilla. O
evento foi patrocinado pelo Fundo de População das Nações Unidas.
O tema do encontro versou sobre "Nosso corpo presente
de Deus: Um desafio para as mulheres a partir dos direitos sexuais e
reprodutivos”, organizado pela coordenadora regional da Pastoral da
Mulher e de Justiça de Gênero, Terezinha Bustamante Ospina.
Adelaide Jiménez lembrou que a Bíblia tem sido usada como fonte
para fundamentar concepções em torno da sexualidade que se inscrevem no
âmbito do proibido e do perigoso, que precisam de regras para serem
controladas. Elementos e fatores que dão sentido à existência de homens
e mulheres são características culturais e históricas “e, portanto,
possíveis de transformar”, disse.
A teóloga apresentou panorama do pensamento dos Pais da Igreja sobre o
tema, de onde saiu o pensamento tão difundido na sociedade ocidental de
que “a matéria é má e o corpo é matéria”.
Com essa concepção os Pais da Igreja fortaleceram o sistema patriarcal
e criaram uma teologia patriarcal que justifica a discriminação e a
subordinação das mulheres na história, disse Adelaide. Ela defendeu uma
nova perspectiva bíblica do corpo que contemple a idéia de um corpo
santo, que representa a imagem de Deus.
O estudo desse tema desafia as igrejas a reconhecerem que os textos
bíblicos, como outros tantos textos antigos, são patriarcais, a
romperem os paradigmas tradicionais que levem a novas concepções da
mulher, seu corpo, sua sexualidade.
Uma abordagem ética e libertadora da sexualidade busca na Bíblia a
inspiração que questiona concepções que relacionam as experiências
sexuais com o pecado e a culpa. Essa reconstrução das vivências da
sexualidade resgata os corpos, de modo especial o das mulheres.
A partir de uma abordagem libertadora, a sexualidade é um dom de Deus,
bênção divina, que tem no corpo sua morada divina e que se experimenta
como sopro do Espírito, frisou a teóloga reformada. Alguns textos
bíblicos podem servir de iluminação na recriação de perspectivas que
abordam a sexualidade de forma integral, agregou.

ALC/Notícias Cristãs

Welbe

Número de Mensagens : 347
Idade : 47
Localização : São Paulo - SP
Data de inscrição : 29/10/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O Amor e o Sexo na família cristã

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum