AMADOS E AMADAS
PARA FALAR DAS COUSAS DO ALTO,
CADASTREM-SE

EZEQUIEL NEVES
ADMN

Apócrifos são como biografia não-autorizada

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Apócrifos são como biografia não-autorizada

Mensagem  Soldado CCB em 2008-04-17, 12:40

Engana-se quem pensa que os livros que formam a Bíblia foram os únicos textos a falar sobre a palavra de Deus. No início da Era Cristã, a quantidade de escritos que versavam sobre a passagem de Cristo na Terra era tão grande que a Igreja viu-se obrigada a fazer uma seleção, estabelecer um cânon (lista) sagrado.

Desde então, os textos que não foram incluídos na relação oficial da Bíblia determinada pela Igreja Católica Romana ficaram conhecidos como livros apócrifos – uma espécie de ‘biografia não-autorizada de Jesus Cristo’. Entre eles, encontram-se os Evangelhos de São Tiago, São Pedro e São Tomé, por exemplo. O que a grande maioria dos cristãos não sabe é que enquanto eles ignoram os apócrifos ou os rejeitam como se fossem peças pecaminosas, dentro dos seminários, os teólogos se debruçam sobre eles na esperança que possam lançar novas luzes a livros já conhecidos.

“Toda a dificuldade está em confirmar a autenticidade dos textos apócrifos. Muitos são verdadeiros, mas outros cheiram a caça-níqueis. Mas há muita coisa interessante. O Evangelho de Tiago, por exemplo, traz importantes contribuições sobre os pais de Nossa Senhora” destaca o professor de teologia frei Geraldo de Araújo Lima, da Ordem do Carmo. Os relatos de Tiago contam que o nascimento de Maria, mãe de Jesus, também foi santificado. Filha de pais idosos, tidos como estéreis, Nossa Senhora já teria vindo ao mundo abençoada para dar à luz o Salvador. O texto também aborda a virgindade plena de Maria e narra as dificuldades que Nossa Senhora e Isabel, mãe de João Batista, tiveram para esconder os seus filhos quando Herodes ordenou a matança das crianças.

Apesar do caráter ‘sagrado’ dessas narrativas, nem todas seguem o mesmo caminho. “Há apócrifos que chegam a misturar os ensinamentos religiosos com prática de magia. Ensina a queimar fígado de animais para curar doenças. Não se pode confiar simplesmente nesses escritos, embora acredite que eles devam ser estudados”, declara o pastor Marcos Bitencourt, do Seminário Batista de Teologia.

Para o professor de História Moderna e História da Religião do Departamento de História da UFPE, Severino Vicente da Silva, outro ponto que dificulta a leitura dos apócrifos e sua incorporação no cânon bíblico é o fato de esses textos terem muitas interpolações pessoais. “Enquanto os Evangelhos canônicos são narrativas enxutas, sem muitas interferências de seus autores, os outros textos são permeados por muitas opiniões de quem os escreveu”, contextualiza o Severino Vicente.

Por enquanto, os cristãos que quiserem saber mais sobre esse Jesus Cristo oculto na Bíblia ‘oficial’ vão ter que pesquisar por conta própria. A pesquisa pode começar aqui mesmo no site clicando no link apócrifos ou em livrarias de editoras religiosas. A Paulus, por exemplo, lançou no Brasil o livro Evangelhos Apócrifos, de Luigi Moraldi.
avatar
Soldado CCB

Número de Mensagens : 98
Idade : 35
Localização : Maceió
Data de inscrição : 28/02/2008

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum